Bairro Coroado – 10

ENTREVISTA DE HUGO BORGES A TV GAZETA SOBRE A CONSTRUÇÃO DO CEMITÉRIO SÃO TOBIAS.

A fictícia Sucupira, na verdade, ficava em Guarapari

30/07/2010 – 00h00 (Outros – A Gazeta)

Katilaine Chagas
kchagas@redegazeta.com.br

“Um político, sabendo do alvoroço que uma obra pode gerar numa cidade, principalmente de interior, resolve construir um cemitério. Só não esperava que anos se passariam sem que surgisse um único morto para que fosse finalmente inaugurado.

Quem assistiu à novela ou ao seriado “O Bem Amado”, e até ao filme homônimo atualmente em cartaz no Estado, pode reconhecer no resumo acima essa que é uma das obras mais célebres do tele dramaturgo Dias Gomes. Mas trata-se também de algo ocorrido em Guarapari, no início do século passado, que, diz a tradição popular do balneário, foi a inspiração de Dias Gomes.

Áudio CBN:

Ouça entrevista com Hugo Borges, que inspirou o personagem Odorico Paraguassu

Foi em 1906 que políticos da época resolveram criar um cemitério, que hoje se chama São João Batista, próximo à Praia das Virtudes. “Aqui era um lugarejo, então qualquer obra que se fizesse dava ibope”, explica a professora Beatriz Bueno, que realiza pesquisas sobre Guarapari desde 1983. O “problema” é que dez anos se passaram sem que ninguém morresse na cidade, que na época já era conhecida como Cidade Saúde. A população vivia em média de 80 a 100 anos, segundo a pesquisadora.

Anúncios

Sobre carlosilva41

SOU UM SER DE DEUS.
Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Bairro Coroado – 10

  1. amanda disse:

    oi prefessor carlos =ass=amanda gerlany suas quiridas alunas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s